sexta-feira, 3 de abril de 2009

Segredos do coração.

Era difícil descrever sua beleza. Ela só sabia de uma coisa: o sorriso dele é iluminador. Ele é como uma manhã de domingo, com aquele sol fraco, os pássaros cantando, e o tempo passando preguiçosamente. Seu coração parecia ser banhado em pérolas, das mais preciosas.
Seu olhar é uma incógnita, transmite muitas coisas, uma delas é solidão. Como pode ser? Ela dizia em silêncio para si mesmo que um dia iria abrandar esse sentimento nele.







Por várias vezes o vi passar pela rua, sozinho, sempre com pressa, em passos largos e cumprimentos rápidos. Sua vida-mistério a atraía profundamente. Ela não sabia como se expressar, nem o que sentir, mas em um dia desses qualquer de sua existência passageira, ela iria perder o medo e confessar que ele existe em seu mundo a cada dia mais, e isso é inevitável.

Um comentário:

  1. Os olhos são a janela da alma!

    :)

    Belo post.
    Está apaixonada?

    Hehe.
    Fuui.

    ResponderExcluir