quinta-feira, 30 de abril de 2009

Valeu a pena.

Não tenho a pretensão de que todas as pessoas que gosto, gostem de mim. Nem que eu faça a falta que elas me fazem, o importante pra mim é saber que eu, em algum momento, fui insubstituível. E que esse momento será inesquecível... Só quero que meu sentimento seja valorizado.

Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho. Que me veja como um ser humano completo, que abusa demais dos bons sentimentos que a vida lhe proporciona, que dê valor ao que realmente importa, que é meu sentimento e não brinque com ele. E que esse alguém me peça para que eu nunca mude, para que eu nunca cresça, para que eu seja sempre eu mesmo.




Não quero brigar com o mundo, mas se um dia isso acontecer, quero ter forças suficientes para mostrar a ele que o amor existe, quee ele é superior ao ódio e ao rancor, e que não existe vitória sem humildade e paz. Quero poder acreditar que mesmo se hoje eu fracassar, amanhã será outro dia, e se eu não desistir dos meus sonhos e propósitos, talvez obterei êxito e serei plenamente feliz.

Quero, um dia, poder dizer às pessoas que nada foi em vão, que o amor existe, que vale a pena se doar às amizades a às pessoas, que a vida é bela sim, e que eu sempre dei o melhor de mim e que valeu a pena!

terça-feira, 21 de abril de 2009

Nunca.

Nunca diga Eu Te Amo, se não te interessa.
Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem.
Nunca toque numa vida se não pretende romper um coração.
Nunca olhe nos olhos de alguém se não quiser vê-lo se derramar em lágrimas por causa de ti.




A coisa mais cruel que alguém pode fazer é permitir que alguém se apaixone por você quando você não pretende fazer o mesmo.



Mário Quintana.

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Segredos do coração.

Era difícil descrever sua beleza. Ela só sabia de uma coisa: o sorriso dele é iluminador. Ele é como uma manhã de domingo, com aquele sol fraco, os pássaros cantando, e o tempo passando preguiçosamente. Seu coração parecia ser banhado em pérolas, das mais preciosas.
Seu olhar é uma incógnita, transmite muitas coisas, uma delas é solidão. Como pode ser? Ela dizia em silêncio para si mesmo que um dia iria abrandar esse sentimento nele.







Por várias vezes o vi passar pela rua, sozinho, sempre com pressa, em passos largos e cumprimentos rápidos. Sua vida-mistério a atraía profundamente. Ela não sabia como se expressar, nem o que sentir, mas em um dia desses qualquer de sua existência passageira, ela iria perder o medo e confessar que ele existe em seu mundo a cada dia mais, e isso é inevitável.